A professora Maria Helena Curado desencantou-se com o ensino, porque considera que as crianças deixaram de ter tempo para brincar e conviver, e que a escola passou a preocupar-se apenas com a preparação dos alunos para os exames. Por isso, não hesitou em aproveitar a compensação oferecida pelo Ministério da Educação, dirigida a docentes mais antigos, e deixou de dar aulas. Com o dinheiro que recebeu decidiu investir no sonho de uma vida: criar um espaço que proporcionasse aos mais pequenos as condições ideais para aprender, explorar e brincar. No fundo, um local que devolvesse às crianças a vontade de irem à escola, que diz já não existir devido ao rumo que o ensino tomou. E o sonho tornou-se realidade. Os terrenos que já possuía na Quinta da Mata, na freguesia de Ventosa, concelho de Vouzela, estavam no lugar certo e facilitaram a criação da Mata Sustentável. A associação para a promoção da educação ambiental e desenvolvimento social está ainda a dar os primeiros passos, mas sabe bem para onde quer ir.

Notícia na íntegra na edição esta semana do Notícias de Vouzela.

Legenda: Raul Sayanda, Helena Curado e Margarida Taborda, directores da associação  

 

Fonte: Notícias de Vouzela